1 de maio de 2013

Saltos ... mas não tão altos!

A minha noção e capacidade de equilíbrio dava um filme. Faço parte daquele grupo de pessoas que gostaria de poder andar com saltos altos, altíssimos, maravilhosos, sem poder ter problemas de quedas, de equilibrio, de fazer figuras tristes.

Desta forma, só me restam poder agarrar-me a saltos, não tão altos, para conseguir um efeito semelhante aos mais bonitos de todos. Precisam basicamente de ser compensados à frente, ajuda logo a que o salto não se torne tão alto e a dar mais conforto ao pé.

Como compradora assídua que sou de sapatos, já fui à Spartoo dar uma vista de olhos nas novidades e nos modelos que mais gostei



1. Tede Beige - Gioseppo - Umas sandálias bastante compensadas, com uma sola sintética, com certeza bastante leve. Este modelo chamou-me bastante à atenção principalmente nos detalhes das presilhas. Já a cor também é óptima para a estação mais quente, adoro sapatos em tom toupeira!

2. Junigue Fuchsia - Gabor - São os mais baixinhos dos três, mas pela cor que têm e pelos desenhos que vão criar no peito do pé, para mim são o par favorito! É fácil vestirmo-nos bem simples e depois arrasarmos com umas sandálias neste tom forte de fuchsia. Também são os mais dispendiosos, mas o modelo fala por si só. Se não forem fãs desta cor, podem encontrar o mesmo modelo em preto.

3. Yrutak Bege - Pierre Cardin - Igualmente maravilhosos, estas sandálias compensadas são também um óptimo exemplo de um salto não muito alto mas muito bonitos. A Pierre Cardin também tem modelos muito elegantes e este foi o que me chamou mais à atenção. Ainda existe o mesmo modelo em preto.


Saltos há muitos ... mas eu escolho sempre os menos altos!

0 comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...